terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Medo..






Tem pessoas que tem medo de barata, medo rã, medo de borboleta (Pois é tem gente que tem esse medo kk), medo de bichos selvagens, medo de assistir um filme de terror com monstros, medo de dentista, medo de ir ao médico, medo do bicho papão (quando somos criança) kk, medo do escuro. Mas também tem aqueles medos que muitas pessoas têm em comum, o medo de se entregar a um amor, medo de confiar em uma pessoa novamente, medo de sofrer, medo de se apaixonar, medo de fazer amizades e depois se decepcionar com elas e muitos outros. Não pense que isso é algum problema, não pense que só você tem esse medo e não pense que seja um defeito. O medo faz parte da vida da gente, todos nós temos medos isso prova que nus importamos com as coisas, mas tudo demais não é bom. Como tudo na nossa vida, nós precisamos ter um equilíbrio. Em alguns casos o medo não é bom, ele pode nus impedir de realizarmos os nossos sonhos, de crescermos, de desenvolvermos, de alcançarmos nossos objetivos, de alcançarmos aquilo que queremos, eles nus impede de viver. Então o medo é algo ruim? Não. Nós só não sabemos administra-lo bem. Precisamos ter um autocontrole sobre ele, precisamos usá-lo quando necessário, contanto que ele não nus empeça de realizarmos aquilo que estimamos. Como diz Mark Twain: “Coragem é a resistência ao medo, domínio do medo, e não a ausência do medo.”
Por que precisamos do medo? Os medos nus servem como uma autopreservação. E o que é autopreservação? É você preservar a si mesmo, ou seja, proteger a si mesmo. Proteger contra o quê? Contra situações que você já vivenciou, por exemplo, se decepcionar com um amigo. Você vai ter mais cuidado quando fizer novas amizades. É pra você ter cuidado, não deixar de viver. Tem pessoas que viram anti-sociais por que sofreram uma decepção. Uma coisa que evidencio muito na minha vida é que, nem todo mundo é igual, ninguém tem nada haver com o que você passou na vida, não podemos descontar decepções e frustrações passadas em pessoas futuras, em pessoas que conhecemos agora. Precisamos apenas nus autopreservar. Como diz o sábio Augusto Cury:” Construí amigos, enfrentei derrotas, venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la.”


Dayany Rodrigues

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Desejo que você..






Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la. Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes. Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo. Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la. Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência. Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina, Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas. Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama.






É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita. Eu chamo isto de estado agudo de felicidade."

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Foi sentimento..











 Não foi desejo. Nem vontade, nem curiosidade, nem nada disso. Foi um choque elétrico meio que de surpresa, desses que te deixa com o corpo arrepiado, coração batendo acelerado e cabelo em pé. Foi sentimento. Não foi planejado, nem premeditado. Foi só um querer estar perto e cuidar, tomar todas as dores e lágrimas como se fossem suas. A vontade e o desejo vieram depois, bem depois. Não foi um lance de corpo, foi um lance de alma. Foram os olhos, os sorrisos, o jeito de andar, a forma de falar, foram as palavras. Uma saudade e uma urgência daquilo que nunca se teve, mas era como se já tivesse tido antes.” 

Obs : Texto de Tati Bernadi com algumas modificações minhas !



Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar." 






"Dizem que em uma relação, um sempre ama mais que o outro..
Quem dera não fosse eu... "  Antes que termine o dia

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Tempo



  Quando somos crianças o tempo passa bem devagar. Quando eu era criança ficava pensando do que iria brincar o dia todo, o que eu iria fazer pra me divertir. O tempo passava bem devagar, tanto é que eu me lembro de muitas coisas da minha infância, por que vivi intensamente. Depois que nós crescemos vem às responsabilidades, e com isso passamos a correr contra o tempo, acordamos ás 8:00 hrs depois quando olhamos no relógio já é 22:00 hrs,e já é hora de ir dormir pra acorda no outro dia cedo e ter a mesma rotina. Fora isso, com o tempo vêm os problemas de gente “grande”, vêm às paixões complicadas e as paixões inesquecíveis, os corações quebrados, as decepções, as amizades falsas, as perdas, os choros, as risadas, os momentos que não vamos esquecer nunca e os momentos que preferimos nem lembrar. Mas como diz meu querido William Shakespeare: “Aprenda que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.”
O que eu quero dizer é que não podemos perder mais tempo para ser feliz. O que você esta esperando pra correr atrás do seu amor? Pra correr atrás dos seus sonhos? Pra correr atrás daquilo que te faz bem?Já temos tão pouco tempo para viver de verdade, não perca mais tempo. Como dizia minha sábia vó: “tempo é ouro” E é mesmo viu? Quem sabe você não esta perdendo o maior tesouro da sua vida.
  Reflita: “Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.” Dalai Lama

  Escrito por: Dayany Rodrigues